quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Programas Infantis - 10

PIM PAM PUM

Tendo como objetivo divertir e educar as crianças - sem contar que a empresa Brinquedos Estrela comemorava 25 anos de atividades - o Programa Pim Pam Pum ficou no ar por mais de dez anos na Tupi.

Inicialmente comandado por Henrique Ogalla (foto) no papel de Pim, Sônia Maria Dorce, interpretando a Pam e David José, dando vida ao Pum, a atração estreou em 1962.

Apresentava também palhaços, mágicos, musicais e outras atrações como séries enlatadas.

Uma que ficou famosa, na época foi Minha Amiga Flicka.

Tempos mais tarde o programa passou a ser apresentado por Aurélio Campos, que apresentava-se sobriamente de terno e mais parecia um professor.

As crianças esperavam ansiosas pelo sorteio de brinquedos da Estrela e Aurélio Campos tornou-se uma espécie de "Xuxo" dos anos 60.

Naquela década não havia um só baixinho que não cantava o jingle de abertura do programa que tinha versos como:

Sete e sete são catorze
Com mais sete, vinte e um
As crianças se divertem
No Programa Pim Pam Pum

Dentro do Programa Pim Pam Pum o seriado Minha Amiga Flicka era uma das atrações.
Como em nossas pesquisas não conseguimos nenhum vídeo do programa em sí, vamos mostrar imagens do seriado que divertia a criançada no programa da Tupi nos anos 60.

2 comentários:

Anônimo disse...

Devidamente surrupiado do site InfanTv

Ampulheta Virtual disse...

Em primeiro lugar, agradeço por vc acompanhar o Ampulheta Virtual, mas lamento que vc se identifique apenas como "anônimo".
Achei o termo surrupiado de uma incrível mau gosto.
O InfanTV é um dos melhores sites e é referência, mas não é o único.
O Ampulheta Virtual antes de cada postagem faz uma grande pesquisa e entre os sites pesquisados está sim o InfanTV, porque é um dos melhores.
Mas não se trata de "surrupiar", mas sim de homenagear, até.
Mas se for sob este ponto de vista, o Ampulheta também é "surrupiado" por muitos outros, mas nem por isso saimos por aí questionando qualquer outro.
Muito pelo contrário. Sentimo-nos homenageados.
De qualquer forma, caro "anônimo", continue prestigiando...
Obrigado!