sábado, 14 de janeiro de 2012

Cantoras - 13


MORGANA, A FADA LOIRA

Batizada Isolda Corrêa Dias, Morgana nasceu em São Paulo, em 2 de agosto de 1934 e faleceu também em São Paulo, em 4 de janeiro de 2000, aos 65 anos.

Na juventude, estudou canto, piano e balé. Falava também inglês, castelhhano, francês e italiano, o que lhe proporcionou gravar em várias línguas e fazer sucesso internacional.

Bonita e dona de uma voz forte e marcante, gravou vários discos, ganhou discos de ouro e vários prêmios como Troféu Roquete Pinto, Troféu Chico Viola e Troféu Imprensa, entre outros.

Entre seus vários sucessos podem se destacar Hino ao Amor e o tema da novela Direito de Nascer, da Tupi.

Morgana foi casada com Amaury Grcia de Oliveira, homem ligado ao ramo de restaurantes, a quem ajudava muito, depois que deixou os palcos e as gravações. O casal teve um filho, também de nome Amaury.

Morgana, infelizmente, teve uma morte trágica. Aos 65 anos, tentou o suicídio com u tiro na boca. Socorrida, foi hospitalizada. Ao acordar e ver que estava ligada a aparelhos, arrancou os tubos que a mantinham viva e faleceu no hospital.

Morgana foi sepultada no Cemitério Quarta Parada, na capital paulista.

O vídeo mostra cena do filme Garota Enxuta, no início dos anos 60, onde Morgana interpreta a música Conselho, um samba-canção.


Este vídeo é legal porque além de curtir a linda e marcante voz de Morgana, ainda dá para matar saudades de fotos dos artistas e cenas da novela O Direito de Nascer, Tupi, 1964/1965.



Curosidades
  • Iniciou sua carreira muusical como cantora lírica.
  • Em 1958 passou à música popular, como Morgana Cintra, e seu primeiro sucesso foi Serenata do Adeus.
  • Em 1973, no auge da carreira no Brasil e exterior, trocou o sucesso pela administração de uma rede de pizzarias, em sociedade com o marido.
  • Tentaram criar uma rivalidade entre Morgana e Maysa, dizendo na imprensa que Morgana era a versão loira de Maysa Matarazzo.

Um comentário:

Eloisa disse...

Nossa! Valeu Moura! Eu não tinha todos essas informações sobre a Morgana. Amei! Obrigada por sua atenção.